11 FEV | Lançamento da REDE CUIDADORES + PERTO

A Rede CUIDADORES + PERTO, de capacitação e suporte de cuidadores de pessoas com demência, é uma iniciativa da HOPE! Respostas Sociais (IPSS especializada na intervenção com pessoas com demência que coordena também em Viana do Castelo o Projeto Café Memória), em parceria com a Câmara Municipal de Viana do Castelo, a Associação Alzheimer Portugal e a Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, a funcionar em Viana do Castelo desde outubro de 2016.

Agora, mediante protocolo de parceria assinado com o Centro Social e Cultural de Vila Praia de Âncora e com o apoio da Câmara Municipal de Caminha e da Camipão, a rede estende a sua intervenção a este município, com a abertura de um Núcleo do projeto a funcionar no primeiro e terceiro sábados de cada mês, entre as 9h30m e as 11h30m em Vila Praia de Âncora e com a primeira sessão agendada para dia 18 de fevereiro, sendo a participação no projeto gratuita para os cuidadores de pessoas com demência e respetivos familiares.

O projeto pretende contribuir para a qualidade de vida e redução do isolamento social dos cuidadores de pessoas com demência, através da dinamização de Grupos de Intervenção Psicoeducativa e de Grupos de Suporte e a criação e mediação de uma Rede de Proximidade, numa lógica de apadrinhamento de cuidadores por cuidadores mais experientes.

Para que todos os cuidadores possam participar, o projeto conta com uma equipa de voluntários que dinamiza em simultâneo Atividades Ocupacionais direcionadas às pessoas com demência, permitindo que mesmo os cuidadores com menos retaguarda familiar possam usufruir das diferentes respostas.

Os mais recentes dados epidemiológicos da Alzheimer Europe apontam para a existência de 182.526 pessoas com demência em Portugal, estimando-se que estes números tripliquem nos próximos 30 anos, sendo a Doença de Alzheimer, ainda sem cura, a forma de demência mais prevalente.

Em Portugal a grande maioria dos cuidados a pessoas com demência, cerca de 80% segundo a Plataforma Saúde em Diálogo, são prestados por familiares e sabe-se que cuidar de uma pessoa com demência é uma tarefa mais exigente e acarreta maior sobrecarga, quando comparada com a prestação de cuidados a um idoso dependente, sem demência. Esta realidade coloca desafios importantes a todos os sistemas de cuidados de saúde e sociais, já que as demências têm, reconhecidamente, fortes impactos sociais e económicos, tendo em conta as diferentes exigências ao longo do seu percurso e a necessidade de garantir apoio e formação aos cuidadores familiares e profissionais.Convite_C+P_VPA

O evento de lançamento, no próximo dia 11 de fevereiro de 2017, às 15h30m, no Auditório do Centro Social e Cultural de Vila Praia de Âncora contará, para além da apresentação do projeto, com a intervenção da Drª Sandra Perdigão, médica neurologista no Hospital de Santa Luzia da Unidade Local de Saúde do Alto Minho, e com a dramatização da história “O Pequeno Elefante Memo”, conto infantil que explica a demência aos mais pequenos, pelos idosos e crianças das valências do Centro Social e Cultural de Vila Praia de Âncora. O encerramento da sessão ficará a cargo do Presidente da Direção do CSCVPA, enquanto entidade promotora local do projeto.

Com o objetivo de criar uma efetiva rede de proximidade, o projeto pretende expandir-se rapidamente a outros concelhos e cidades, através de núcleos de apoio locais que, à semelhança deste segundo núcleo em Caminha, dinamizem grupos psicoeducativos, grupos de suporte e ações de informação comunitárias, particularmente em regiões mais isoladas ou menos apoiadas.

São também objetivos do projeto:

  • Valorizar o papel do cuidador e dos seus conhecimentos e competências empíricas;
  • Constituir-se como espaço de alívio, partilha e catarse para os cuidadores de pessoas com demência;
  • Facilitar a interação e as relações de suporte positivas entre pares e valorizar a dimensão interpessoal entre os cuidadores familiares de pessoas com demência;
  • Oferecer apoio emocional que promova a autoestima e a autoconfiança dos cuidadores de pessoas com demência;
  • Contribuir para processos e experiências de cuidar mais autónomos e positivos e projetos de vida mais seguros, responsáveis e resolvidos;
  • Favorecer a corresponsabilização interpares pelos cuidadores;
  • Contribuir para a diminuição da institucionalização precoce das pessoas com demência pela capacitação e suporte aos seus cuidadores;
  • Fornecer informação atual, específica, útil e cientificamente comprovada;
  • Encaminhar, quando necessário, para apoio técnico especializado.

 

Para mais informações:

W: www.hope.pt | E: geral@cuidadoresmaisperto.pt | T: 912 263 610 | F: cuidadoresmaisperto